O tradicional e o conhecimento

A primeira mulher a cursar a universidade, a emigração gerada pela escassez, a revolução industrial, o sputnik, os avanços da medicina.

O próprio organismo encontra uma forma de se adaptar, trabalhando no caminho que leva à evolução. Então por que a maioria de nós tem tanto medo de sair da zona de conforto e abraçar novos caminhos?

Usando o atual cenário como exemplo, o Brasil nunca cedeu verdadeiramente ao trabalho remoto. Alguns dizem que o brasileiro não está preparado para trabalhar sem supervisão.

Outros dizem que a conexão no Brasil não é boa, outros ainda, acreditam que a gestão seria impactada. O fato é que a maioria das empresas brasileiras foram resistentes a este modelo… até agora!

Com a ascensão global do COVID-19, empresas e profissionais estão tendo que gerir, se disciplinar, produzir e se adaptar ao novo cenário. Mas será que o estudo ou trabalho remoto é realmente ineficaz?

Na área da educação por exemplo, há um grande preconceito com relação às aulas online. Por mais que exista uma justificava coerente com situações observadas no passado, o que se percebe cada vez mais é que quem faz a aula é o professor, da mesma forma que quem faz o trabalho acontecer é o trabalhador e quem faz a gestão acontecer é o gestor.

Não a ferramenta! Se o preparo, o planejamento e a organização forem incorporados, não há porque o ensino à distância ou o trabalho remoto não produzir resultados!

Muitas vezes fazemos este modelo de vilão, quando na verdade, o uso desta modalidade é uma solução. As ferramentas online são veículos disponíveis para facilitar, e não atrapalhar.

Graças ao advento da tecnologia, estamos seguindo: aulas de música continuam a ser ministradas, palestras são assistidas, a comunicação com o cliente permanece ativa, avós veem seus netos, missas são transmitidas ao vivo, a informação é divulgada, o dinheiro flui, e a gente cresce.

Crescemos porque passamos a ver um mundo mais amplo a ser explorado que nos beneficiará em diversas frentes. Não há progresso sem rompimento com o atual!

Como já diz o Mito da Caverna de Platão, a luz do Sol no início incomoda!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *